webmaster

WordPress – Windows Explorer E cPanel

Olá, Somos criadores de conteúdo apaixonados por web design, programação, criação de websites e tecnologias digitais. O nosso website está online! Explore a nova versão beta, onde terá acesso a novos recursos e melhorias. A sua experiência e feedback são muito importantes para nós! Novos artigos, todas as semanas! Fique atento.
Artigos SEO

Artigos SEO

Search Engine Optimization

Artigos WordPress

Criação de websites.

Tutoriais

Ensino numa série de passos simples

WordPress – Windows Explorer E cPanel

Este artigo faz parte da Sério De Artigos Worpress A Fundo! Com Lindomar Goking.

Este artigo faz parte de uma coletânea que ensina passo a passo a colocar seu blog na internet, num contexto duma série se artigos mais completa e que poderá consultar no link acima. Está dividido em 6 partes:

Nessa segunda parte iremos praticar outros dois métodos de transferência de arquivos: pelo Windows Explorer e pelo próprio cPanel.

Os arquivos do WordPress já devem estar no seu computador. Em nossa prática estão em ‘C:\downloads\wordpress’

FTP pelo Windows Explorer

Caso queira transferir arquivos para o seu blog, mas não tiver programas FTP instalados em seu computador, você poderá utilizar o Windows Explorer para isso.

O Windows Explorer é o gerenciador de arquivos que vem junto com o seu Windows. A vantagem é que você não precisa instalar nada no seu computador, a manipulação de arquivos para o FTP é semelhante à manipulação local e você não precisa aprender a utilizar um programa novo. Dentre as desvantagens estão: é um pouco mais lento e não tem um status preciso (caso haja falha no envio, não há como saber o que foi enviado e o que falta ainda, sendo a melhor opção começar a enviar tudo novamente).

Mas ainda assim eu indico, pois realmente é muito simples. O primeiro passo é abrir o Windows Explorer. Para quem não sabe existem 3 formas: pelo menu iniciar (Iniciar / Programas/ Acessórios), através do atalho (combinação da tecla ‘Windows’ + ‘E’ do teclado) ou ainda utilizando o executar do Windows (Iniciar / Executar. No campo abrir digite: explorer e
clique em ‘OK’).

Qualquer um dos 3 meios te dará acesso a tela do Windows Explorer [1]:

Windows Explorer

Dados AcessoAgora vá até o campo ‘Endereço’ e digite o endereço de FTP que você recebeu do seu servidor de hospedagem e clique o botão ‘Enter’ do teclado. Digite os dados na tela de login que irá aparecer [2] e clique no botão ‘Logon’.

Com isso você terá acesso à estrutura de pastas do servidor de hospedagem, conforme a figura [3]. Essa tela está separada em 3 zonas para uma melhor compreensão:

  • Zona 1, Endereço: indica a sua localização atual, tanto local como no servidor de FTP.
  • Zona 2, Estrutura de Pastas: mostra a estrutura dos discos e das pastas do seu computador. Veja que nessa Zona também fica registrado a raiz do FTP (destacado em amarelo).
  • Zona 3, Arquivos e Pastas: mostra o conteúdo de cada pasta (arquivos e subpastas), além de permitir o seu gerenciamento.

Estrutura Gerenciador Arquivos

Transferindo Os Arquivos do WordPress Pelo Windows Explorer

Os arquivos do seu blog devem ser salvos dentro da pasta ‘public_html’ do FTP, copiando do disco local para o FTP. Em nosso caso os arquivos estão dentro de ‘C:\downloads\wordpress’. Selecione todos os arquivos dessa pasta (atalho ‘Ctrl + A’), copie tudo (atalho ‘Ctrl + C’), vá até o FTP em ‘ftp://ftp.lindomargoking.com/public_html/’ e cole (atalho ‘Ctrl + V’).

Depois de terminado a transferência [4] você terá todos os arquivos necessários para a instalação do WordPress no seu servidor de hospedagem, conforme a figura [5] indica:

wordpress transferido

Fique atento com a questão das subpastas na pasta raiz do domínio, como explicado na primeira parte dessa coletânea. Agora você já pode criar o banco de dados (parte 3) para continuar com a instalação.

Manipulação De Arquivos Pelo Cpanel

Como foi dito no primeiro artigo, o cPanel é um sistema completo para gerenciar o seu servidor de hospedagem, inclusive na manipulação de arquivos. A vantagem de usá-lo é que você vai depender unicamente do seu navegador, apesar não enviar muitos arquivos por vez ou arquivos grandes (acima de 50 MB). Além disso, é muito simples usá-lo. Vamos lá?

cpanel gerenciador arquivos

Entre no cPanel do seu servidor de hospedagem e localize o bloco ‘Arquivos’ [6] onde você encontrará o recurso ‘Gerenciador de arquivos’. Clique nele para ter acesso a uma tela de opções [7]. Nessa próxima tela, selecione a opção ‘Raiz da Web (public_html/www)’, deixe desmarcado a opção ‘Exibir arquivos ocultos (dotfiles)’, que geralmente são arquivos para acesso e edição avançada (como no arquivo ‘.htaccess’). Clique no botão ‘Go’ para ter acesso à tela do gerenciador de arquivos [8], divido nas seguintes zonas:

  • Zona 1: Ferramentas de Gerenciamento
  • Zona 2, Endereço: informa a localização da pasta em que você está;
  • Zona 3: Ferramentas de Controle;
  • Zona 4, Estrutura de Pastas: mostra a estrutura de pastas do servidor de hospedagem;
  • Zona 5, Arquivos e Pastas: mostra o conteúdo de cada pasta (arquivos e subpastas), além de permitir o seu gerenciamento.

estrutura_gerenciador_arquivos

Enviando Arquivos Pelo cPanel

O envio de arquivos pelo cPanel funciona um pouco diferente dos programas de FTP, pois o envio é feito “arquivo a arquivo”, ou seja, não é possível selecionar vários arquivos e enviá-los de uma vez. Então seria bastante trabalhoso enviar todos os arquivos de instalação do WordPress, pois são mais de 700 arquivos e isso exigiria mais de 700 seleções, além de criar todas as pastas e subpastas necessárias.

Mas existe um “macete” no cPanel para enviar vários arquivos de uma vez e irei ensinar como fazer isso, mas primeiramente vamos fazer a transferência de um arquivo apenas, como exemplo prático. O arquivo que vamos usar em nosso exemplo é o ‘template.php’, que será enviado para a pasta ‘/public_html/wp-admin/includes’ do servidor.

Para começar, é necessário ir até a pasta para onde queremos que o arquivo seja transferido. Para isso, clique na pasta ‘public_html’ da Zona 4. Agora na Zona 5, dê um duplo clique na pasta ‘wp-admin’ e depois pasta ‘includes’. Veja que as pastas são identificadas pelo mesmo ícone da figura [9]. Os arquivos têm um ícone diferente, dependendo do tipo de arquivo:

Confira na Zona 2 se o endereço está semelhante ao da figura [10].

Se estiver, você já pode clicar no botão ‘Enviar’ [11] da Zona 1.

Você será levado a uma nova janela [12], onde você deverá selecionar o arquivo a ser enviado.

Veja que nessa janela você tem a opção de enviar somente 3 arquivos para a pasta selecionada (destaque 1). É possível adicionar mais caixas de envio, clicando no link ‘Adicionar
outra caixa de envio’ (destaque 2).

Para enviar um arquivo clique no botão ‘Enviar arquivo…’ e selecione-o no seu computador. Em nosso exemplo, vamos enviar o arquivo ‘template.php’, que está em ‘C:\downloads\wordpress\wp-admin\includes’. Selecione-o clique no botão ‘Abrir’ [13].

Caso o arquivo já exista, você será notificado [14]. Se desejar substituir basta clicar no botão ‘Yes’.

Quando o envio for concluído, a confirmação será semelhante à figura abaixo [15]:

Agora basta clicar no link ‘Voltar para /home/lindomar/public_html/wp-admin/includes’ para voltar ao gerenciador de arquivos do cPanel. Detalhe: Esse link será diferente quando você for enviar arquivos para outras pastas do servidor.

O “Macete” para enviar vários arquivos de uma vez no cPanel

A técnica é simples: basta enviar todos os arquivos num só arquivo compactado e depois descompactá-lo através do botão ‘Extrair’ encontrado na zona 1 do gerenciador de arquivos do cPanel. São aceitos arquivos zip, GZip e Bzip2. Como o objetivo do nosso blog é deixá-lo um profissional, vou agora, num exemplo prático, mostrar como transferir os arquivos do WordPress utilizando essa técnica.

O primeiro passo é ter o arquivo compactado do WordPress, o mesmo que você faz download do site. No meu caso o arquivo baixado foi o ‘wordpress-2.9.1-pt_BR.tar.gz’. Agora você deve enviá-lo para a pasta raiz do servidor (public_html), seguindo o mesmo processo descrito algumas linhas atrás.

Quando o arquivo já estiver no servidor, selecione-o conforme a figura abaixo [16]:

Depois de selecionado, vá à zona 1 clique no botão ‘Extrair’ [17]

abrindo assim uma nova tela [18] com informações da extração.

Clique no botão ‘Extract File(s)’ e quando tudo terminar aparecerá uma tela com informações da extração [19]. Basta fechar a janela no botão ‘Close’.

Bom, nós temos um problema sério agora, mas fácil de resolver. O problema é que foi criado uma pasta ‘wordpress’ e todos os arquivos estão dentro dessa pasta. Como bem sabemos, os arquivos precisam estar na pasta raiz do domínio (public_html).

Para resolver isso, vá para a pasta ‘/public_html/wordpress’ e clique no botão ‘Selecionar tudo’ [20] da Zona 3. Você perceberá que todos os arquivos e pastas da Zona 5 foram selecionados.

Agora clique no botão ‘Mover arquivo’ [21] da Zona 1, fazendo aparecer uma nova tela [22] onde você deverá indicar a pasta ‘/public_html’ no campo destacado de amarelo e clicar no botão ‘Move File(s)’.

Agora sim, todos os arquivos do WordPress estão no seu devido lugar e já podemos prosseguir com a criação do banco de dados, assunto da nossa próxima parte.

Links Úteis e Referências:

  • http://www.cpanel.net
  • www.microsoft.com

Este artigo faz parte da Sério De Artigos Worpress A Fundo! Com Lindomar Goking.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)

Deixe o seu comentário, participe!

4 Responses

  1. Gostei do tutorial mas parece-me um pouco complicado e extenso. Com FileZilla e o Dreaweaver conseguem fazer o upload e instalar o wordpress em menos de 5mins. Gostei do blog, vamos lá ver se os webmasters portugueses participam.

    1. Eu acho que é importante publicar conteúdos sobre programação e webdesign em português. E tenho uma expectativa positiva em relação à participação de todos os webmasters que falam português e que gostam destes temas. Alguns tutoriais serão mais simples. Outros serão mais extensos. Cada autor tem o seu próprio estilo. Tu já dominas o tema. Há outros que estão a iniciar-se e podem precisar de mais informação.

      Agradeço o teu comentário! Bem Vindo! Espero que sejas um leitor regular. Seria um bom sinal em relação ao conteúdo que ainda está para ser publicado.

    2. Olá Gan! realmente existe esse possibilidade, a famosa instalação do WordPress em 5 minutos. Me amarro no WordPress por essa e muitas outras facilidades. abraços!

  2. E se meu provedor não oferece acesso ao cpanel, apenas ao Painel de Controle ? Posso utlizar?
    Grata

Leave a Reply to gaspinha Cancel reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *


Versão Beta

Estamos a mudar

Olá, Somos criadores de conteúdo apaixonados por web design, programação, criação de websites e tecnologias digitais. Ajudamos os nossos clientes a levar o conteúdo certo às pessoas certas, criando artigos e recursos que facilitam a criação e otimização de websites.

Artigos Populares

Guia Prático Sobre Segurança Do Joomla

Dicas para diminuir substancialmente o número de vetores de ataque ao Joomla! Proteja o seu trabalho!

Os Segredos Do Sucesso Na Internet

A responsabilidade. O querer. O erro e a experimentação. O social. A memória da internet. Ser quem você é.

38 Ideias Espetaculares Para Sites De Empresas

Encontre inspiração nestes 45 exemplos de sites de empresas para criar o site da sua empresa.