webmaster

Dicas Para Optimizar O WordPress

Olá, Somos criadores de conteúdo apaixonados por web design, programação, criação de websites e tecnologias digitais. O nosso website está online! Explore a nova versão beta, onde terá acesso a novos recursos e melhorias. A sua experiência e feedback são muito importantes para nós! Novos artigos, todas as semanas! Fique atento.
Artigos SEO

Artigos SEO

Search Engine Optimization

Artigos WordPress

Criação de websites.

Tutoriais

Ensino numa série de passos simples

Dicas Para Optimizar O WordPress

Se não optimizares o teu WordPress, não sonhes com a primeira página do DIGG, porque será um pesadelo. Se tens um alojamento partilhado, a tua conta será temporariamente suspensa, porque estará a monopolizar os recursos do servidor. Se tens um alojamento dedicado, o servidor terá um overload momumental. E tu, uma dor de cabeça!

Mesmo que o teu site não ande na montanha russa do DIGG, podes estar interessado em optimizar o teu WordPress para melhorar os tempos de acesso a cada página.

As sugestões que seguem partem do pressuposto que utilizas um alojamento partilhado.

Utiliza HTML Em Vez De PHP No Teu WordPress

Abre cada ficheiro do template e verifica em relação a cada comando php se é possível substituir o php por html. Por exemplo, se o teu blog é escrito por ti, podes subtituir esta parte:



pelo teu nome. Ou se o título do teu blog é sempre o mesmo em cada página, podes substituir esta parte no header.php:



pelo título apenas em html:

Título do Meu Blog

Pergunta a ti mesmo se a informação que o php vai buscar à base de dados é SEMPRE a mesma? Se for sempre a mesma, podes remover o php e colocar essa informação na vez do código. Se tiveres alguma dúvida, copia o código para um editor de texto. Faz a substituição. Testa.

Carrega Os Vídeos E As Imagens Para Outro Servidor

As páginas do teu site incluem ficheiros javascript, css, imagens, vídeo. Cada vez que uma das páginas é vista por um visitante, é efectuado um pedido separado ao servidor web para cada um desses ficheiros.

Se por exemplo, colocares os vídeos no Youtube. E as imagens no UploadImagens ou no Flickr, estarás a reduzir o consumo de recursos do servidor, o que numa situação de pico de tráfego do DIGG, poderá fazer toda a diferença.

Utiliza Cache No Teu WordPress

Recomendo que utilizes o wordpress plugin WP Super Cache do Donncha O Caoimh. Este plugin vai criar ficheiros html para as páginas do teu site, que serão servidos aos teus visitantes, em vez dos ficheiros php. Esta alteração reduz substancialmente a carga gerada pelo teu blog.

O aspecto negativo é que esses ficheiros são estáticos. Plugins do WordPress como o Popularity Contest, que precisam de executar php, deixarão de funcionar.

Instala e activa o plugin. Testa. E decide. Se não quiseres utilizar este plugin, WP Super Cache, faz o seguinte:

Abre o ficheiro wp-config.php e adiciona:


//Enable the WordPress Object Cache
define(ENABLE_CACHE, true);

Qualquer uma destas soluções é muito importante para reduzir a carga do teu blog.

Depura Os Plugins Do WordPress Que Tens Instalados

Consulta a lista de plugins que tens instalados. Há plugins que executam php, fazem queries à base de dados e que podem prejudicar o desempenho do teu blog. Pondera em relação a cada plugin se precisas do plugin ou se é um mero acessório.

Desactiva todos os plugins que não forem necessários. Instala o WordPress Clean Options Plugin e utiliza-o para remover registos da base de dados (tabela wp_ options) que não são necessários.

Se a carga do teu blog estiver a causar problemas, desactiva os plugins todos. E depois activa-os um a um, para verificar qual deles é tem mais impacto na carga do blog.

Optimiza A Base De Dados Do Teu WordPress

Instala o WordPress Plugin WP-DBManager do Lester ‘GaMerZ’ Chan. Activa. E depois no “Tables Information” verifica se algumas das tabelas apresenta “overhead”. Quando isso acontecer, optimiza a base de dados. Clica em Database. Depois Em Optmiza DB e depois em optimize outra vez. Basicamente vais optimizar a utilização de espaço para base de dados, com consequências positivas em termos de desempenho. Aproveita e utiliza este plugin para efectuar cópias de segurança da tua base de dados.

Instala o WordPress Plugin Akismet

Instala o WordPress plugin Akistmet, para reduzir o número de comentários e pingbacks que são spam. Também podes pagar os comentários que são spam com mais frequência do que Akistmet, que apaga qualquer comentário qualificado de SPAM com mais de 15 dias.

Outras Sugestões

  • Utiliza CSS sprite para as imagens que nunca mudam. Juntas todas as imagens num só ficheiro e posicionas as imagens com css.
  • Comprime o CSS com o CSS Compress WordPress Plugin
  • O WordPress PHP Speedy plugin permite agrupar todos os ficheiros javascript e css num único ficheiro respectivamente.
  • Coloca os ficheiros CSS no topo de cada página e os ficheiros Javascript no fundo de cada página.
  • Utiliza o WordPress Plugin WP Tuner para analisar o desempenho do teu blog.
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)

Deixe o seu comentário, participe!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *


Versão Beta

Estamos a mudar

Olá, Somos criadores de conteúdo apaixonados por web design, programação, criação de websites e tecnologias digitais. Ajudamos os nossos clientes a levar o conteúdo certo às pessoas certas, criando artigos e recursos que facilitam a criação e otimização de websites.

Artigos Populares

Guia Prático Sobre Segurança Do Joomla

Dicas para diminuir substancialmente o número de vetores de ataque ao Joomla! Proteja o seu trabalho!

Os Segredos Do Sucesso Na Internet

A responsabilidade. O querer. O erro e a experimentação. O social. A memória da internet. Ser quem você é.

38 Ideias Espetaculares Para Sites De Empresas

Encontre inspiração nestes 45 exemplos de sites de empresas para criar o site da sua empresa.