webmaster

Ferramentas Do WordPress Parte 1: Google Gears

Olá, Somos criadores de conteúdo apaixonados por web design, programação, criação de websites e tecnologias digitais. O nosso website está online! Explore a nova versão beta, onde terá acesso a novos recursos e melhorias. A sua experiência e feedback são muito importantes para nós! Novos artigos, todas as semanas! Fique atento.
Artigos SEO

Artigos SEO

Search Engine Optimization

Artigos WordPress

Criação de websites.

Tutoriais

Ensino numa série de passos simples

Ferramentas Do WordPress Parte 1: Google Gears

Olá grandes leitores desse fantástico blog!

Hoje estaremos iniciando uma nova jornada nesse fabuloso CMS. Vamos entrar em detalhes sobre todas as ferramentas disponibilizadas nativamente. Isso é muito importante, pois ainda estamos ensinando aos “novatos”, mas tenho certeza de quem já tem alguma experiência sempre tem algo novo a aprender. Quem sabe não seja nesse artigo?

Para começar iremos falar da função “turbo” do WordPress, que promete deixar as páginas mais rápidas. Na verdade essa função nada mais é do que uma implementação do Google Gears, uma tecnologia muito interessante que é explicada de forma simples pela Wikipédia:

Google Gears é uma API (Interface de Programação de Aplicativos) que visa ampliar a funcionalidade de aplicações web através do armazenamento local de dados fornecidos online, para uma utilização off-line.

Desenvolvido por Google, Gears é um projeto open source com licença BSD e, graças a isso, tem sido gradualmente incorporado em serviços web não pertencentes à empresa que o criou.

Utilizando o Google Gears, uma aplicação baseada na web cria um banco de dados, baseado no SQLite, no sistema local do cliente, armazenando em cache as informações fornecidas via rede. Periodicamente os dados do cache local são sincronizados com os dados on-line. A sincronização é feita individualmente para cada computador e para cada navegador.

No WordPress, entretanto, serão armazenados as imagens, os scripts e arquivos CSS localmente, agilizando assim o carregamento desses arquivos. Ou seja, seu WordPress não irá funcionar off-line, como acontece com o gmail.

A ativação do turbo só é possível quando o Google Gears estiver instalado no seu computador. Mas não se preocupe, pois o WordPress te ajuda até nessa parte, pois adiciona uma atalho para uma instalação tranquila e indolor. 😀

Basta clicar no botão ‘Turbo’ que está no cabeçalho do Painel de Administração [figura 1]:

Turbo

Assim você será levado diretamente à área de ‘Ferramentas’ do WordPress [figura 2]:

Ferramentas

Caso o botão ‘Turbo’ não esteja disponível no seu WordPress significa que o Gears já está instalado. Basta então prosseguir diretamente para ativação do Gears, também disponível em ‘Ferramentas > Ferramentas’.

Instalação Do Gears

Para instalar o Gears, basta clicar no botão ‘Instalar agora’, que na verdade é um link para o site oficial da API [figura 3]:

Gears

Basta agora clicar no botão ‘Install Gears’, aceitar o termos do serviço e fazer download do arquivo ‘GearsSetup.exe’. Para executar esse arquivo será necessário ter privilégios administrativos no seu computador.

Depois de executar o arquivo, um novo download será feito automaticamente [figura 4]

novo download

e logo após confirme a reinicialização do navegador [figura 5]:

reinicialização do navegador

Será instalado um complemento no Firefox e no Internet Explorer, ao contrário do Chrome, que já vem pré-instalado.

Ativando o Gear

Depois de instalado, vá em ‘Ferramentas > Ferramentas’ no painel administrativo do WordPress e clique no botão ‘Ativar Gears’ [figura 6]:

Ativar Gears

Será emitido um aviso, sendo necessário você marcar a opção ‘Este site é confiável. Permita que ele use o Gears’ e clicar no botão ‘Permitir’ [figura 7]:

Gears

Agora sim, com o Gears ativado os arquivos serão enviados para o seu computador, sendo isso informado ainda nessa página [figura 8]:

Gears ativado

Assim que finalizado, será exibida a informação de Atualização concluída. Faça um testa agora fazendo logoff no WordPress e reiniciando o navegador. A diferença será notável!

Em caso de outra mensagem, como de erro ou que a atualização não foi concluída, reinstale o Gears, sendo necessário primeiro desinstalar por completo o programa e o plug-in do seu navegador e então o ative novamente.

Outra informação muito importante: não faça esse procedimento em computador público ou compartilhado, exceto no caso de você realmente querer que os outros tenham acesso à área administrativa do seu blog, pois os arquivos poderão ser acessados localmente.

E assim você aprende mais um pouco sobre o WordPress e ainda de quebra sobre o Google Gears. Fico esperando seus comentários com dúvidas, sugestões, críticas ou elogios. No próximo artigo continuaremos. Até lá!

Links Úteis e Referências

  • http://pt.wikipedia.org/wiki/Google_Gears
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)

Deixe o seu comentário, participe!

2 Responses

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *


Versão Beta

Estamos a mudar

Olá, Somos criadores de conteúdo apaixonados por web design, programação, criação de websites e tecnologias digitais. Ajudamos os nossos clientes a levar o conteúdo certo às pessoas certas, criando artigos e recursos que facilitam a criação e otimização de websites.

Artigos Populares

Guia Prático Sobre Segurança Do Joomla

Dicas para diminuir substancialmente o número de vetores de ataque ao Joomla! Proteja o seu trabalho!

Os Segredos Do Sucesso Na Internet

A responsabilidade. O querer. O erro e a experimentação. O social. A memória da internet. Ser quem você é.

38 Ideias Espetaculares Para Sites De Empresas

Encontre inspiração nestes 45 exemplos de sites de empresas para criar o site da sua empresa.