webmaster

MySQL – Usando O Spring Security

Olá, Somos criadores de conteúdo apaixonados por web design, programação, criação de websites e tecnologias digitais. O nosso website está online! Explore a nova versão beta, onde terá acesso a novos recursos e melhorias. A sua experiência e feedback são muito importantes para nós! Novos artigos, todas as semanas! Fique atento.
Artigos SEO

Artigos SEO

Search Engine Optimization

Artigos WordPress

Criação de websites.

Tutoriais

Ensino numa série de passos simples

MySQL – Usando O Spring Security

Quem trabalha com vários bancos de dados e linguagens de programação (especialmente o Java) visa trazer às suas soluções qualidade.

Hoje uma das soluções mais usadas é o Spring Security!

Como este é nosso primeiro projeto falando sobre esta solução, estaremos falando um pouco sobre ele e dando alguns exemplos!

Porque Usar O Spring Security?

Aplicações comerciais geralmente necessitam de uma segurança a mais!

O grande erro do mercado é um empresário que está começando ou já começou a exercer suas atividades e ao invés de investir em um profissional qualificado (geralmente por causa do preço que é um pouco mais elevado), investe naquele “sobrinho” que acabou de finalizar seu curso de Programação ou Design!

Por este motivo, existem milhares de aplicações com brechas de segurança e falhas grave que facilitam o acesso de pessoas com más intenções (exemplo: crackers).

O Spring Security serve exatamente para isso; dar a segurança necessária para sua aplicação!

Bem… como grande parte do código é escrito em Java, profissionais iniciantes poderão ter um pouco de dificuldade para assimilar!

Para evitar isso, preste bastante atenção no ficheiro “applicationContext.xml” (responsável pela conexão).

Criando A Base de Dados

Antes de qualquer coisa, precisaremos criar nossa base de dados; Para isso, abra seu gerenciador de base de dados e carregue o script a seguir:

Ele deverá criar a base de dados com nome “security” e a tabela “users”.


----- Criando a Base de Dados -----
create database security;
use security;

CREATE TABLE users(

username VARCHAR(15) NOT NULL,
password VARCHAR(40),
authority VARCHAR(15),
PRIMARY KEY (username)
);

Efetuando A Conexão JDBC

Após criar a base de dados, se você ainda não tiver instalado, baixe o driver JDBC (mais conhecido como Connector J 5.1).

Esta aplicação lhe dará a possibiidade de conectar o Java ao MySQL usando o ODBC.

Adicionando Bibliotecas

Um dos softwares mais práticos no desenvolvimento de Projetos em Spring Security é o SpringSource Tool Suite. Para elaborar seus Projetos e usar esta ferramenta, faça seu cadastro e baixe o aplicativo.

OBS.: Ao utilizar o sistema,não se esqueça de adicionar a biblioteca do JDBC e do MySQL à biblioteca do JAR do Spring Framework (conforme imagem e informações a seguir).

  • Clique com o lado direito do mouse em cima do Projeto;
  • Em Project Explorer selecione “Properties”;
  • Em seguida, selecione “Java EE Module Dependencies”;
  • Clique em “Add External Jars”, adicionando os arquivos a seguir:
  1. org.springframework.aop-3.0.2.RELEASE.jar
  2. org.springframework.asm-3.0.2.RELEASE.jar
  3. org.springframework.beans-3.0.2.RELEASE.jar
  4. org.springframework.context-3.0.2.RELEASE.jar
  5. org.springframework.core-3.0.2.RELEASE.jar
  6. org.springframework.expression-3.0.2.RELEASE.jar
  7. org.springframework.transaction-3.0.2.RELEASE.jar
  8. org.springframework.web-3.0.2.RELEASE.jar
  9. spring-security-config-3.0.2.RELEASE.jar
  10. spring-security-core-3.0.2.RELEASE.jar
  11. spring-security-taglibs-3.0.2.RELEASE.jar
  12. spring-security-web-3.0.2.RELEASE.jar
  13. commons-logging-1.1.1.jar

OBS.: Em relação ao ficheiro “commons-logging-1.1.1.jar”, como ele não faz parte do Spring Frameworks, você poderá baixar o ficheiro referente a esta biblioteca neste endereço da Apache.

Prático, não?

Bem… a configuração não é nosso foco principal (apesar de ser fundamental para o bom funcionamento de qualquer Projeto).

Exemplo Prático

Como nosso foco não é o de desmembrar um Projeto, vamos focar apenas o que se refere a conexão à base de dados.

Através do ficheiro a seguir, poderemos autenticar e autorizar o acesso do usuário à área segura (administração).

Não apenas isso; Ele possibilita nosso acesso às tabelas do MySQL (conforme exemplo a seguir).

applicationContext.xml:



Criptografando A Senha

As senhas do ficheiro acima são inseridas manualmente (como você pode ver no ficheiro acima).

Caso seja necessário criptografá-las, você poderá adaptar seu script da seguinte forma:





Na hora de criar as tabelas, poderá trabalhar da seguinte maneira:


----- Inserindo Usuário -----
INSERT INTO users VALUES('usuario', MD5('senha'), 'ROLE_...')

Bem… não posso dizer que trabalhar com Spring é fácil, mas… depois que você aprende a configurá-lo e se adequa a alguns critérios, certamente não tem problemas!

Espero que esta matéria lhe ajude em algo! Em anexo envio um pequeno ficheiro de onde você poderá iniciar um Projeto e estudar mais esta excelente ferramenta.

Faça o Download do código usado neste tutorial: MySQL – Usando O Spring Security

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votes, average: 5.00 out of 5)

Deixe o seu comentário, participe!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *


Versão Beta

Estamos a mudar

Olá, Somos criadores de conteúdo apaixonados por web design, programação, criação de websites e tecnologias digitais. Ajudamos os nossos clientes a levar o conteúdo certo às pessoas certas, criando artigos e recursos que facilitam a criação e otimização de websites.

Artigos Populares

Guia Prático Sobre Segurança Do Joomla

Dicas para diminuir substancialmente o número de vetores de ataque ao Joomla! Proteja o seu trabalho!

Os Segredos Do Sucesso Na Internet

A responsabilidade. O querer. O erro e a experimentação. O social. A memória da internet. Ser quem você é.

38 Ideias Espetaculares Para Sites De Empresas

Encontre inspiração nestes 45 exemplos de sites de empresas para criar o site da sua empresa.